© 2015 Dr Hailson Fabio
Suporte HF Cursos Terapias Integrativas
Atendimento em Horário Comercial
WhatsApp: (22) 998978414

O que é a Terapia Biomagnética ou Biomagnetismo Médico

Conheça a História da Terapia Biomagnética.

O que é a Terapia Biomagnética?

É uma terapia não invasiva, de fácil e cômoda aplicação que pode tratar todo o tipo doenças e disfunções, inclusive a nível emocional. A duração aproximada de uma sessão é de 30 minutos.

O número de sessões depende do tipo de patologia, sua gravidade e antiguidade, mas umas simples 3 sessões são, em geral, suficientes para se observarem melhorias notáveis, na maior parte dos casos.

 

Cada órgão, ou tecido do nosso corpo, tem um maior ou menor grau de acidez ou alcalinidade e que nos é dado pela leitura da sua concentração de hidrogênio, isto é, pelo seu potencial de hidrogênio ou pH. As pessoas que apresentam algum tipo de doença, apresentam, habitualmente, um excesso de íons eletropositivos (toxinas, radicais livres, etc), que acidificam as células, os órgãos, o sangue e as secreções. Ora, quando isto acontece, quando um tecido corporal qualquer se polariza positivo (acidez), pelo excesso de íons de hidrogênio, existirá outro que se terá polarizado negativo (alcalino) e é esta alteração da polarização que na perspectiva do Biomagnetismo holístico produz a doença. Esta permanência do tecido numa condição de pH alterado, vai permitir o desenvolvimento de vírus, ali onde o pH é mais ácido, e de bactérias, onde ele é mais alcalino. Vírus e bactéria vão comunicar-se entre si, através da denominada bio ressonância magnética e potenciar o desenvolvimento de um vasto conjunto de doenças e patologias degenerativas. Assim, bastará alterar a polaridade de ambos os tecidos afetados para eliminar a doença. É o que faz o Biomagnetismo Terapêutico. O Biomagnetismo é, assim, uma nova disciplina terapêutica que procura o equilíbrio bioenergético alterado por vírus ou bactérias cuja ação tem repercussões funcionais. Estuda, detecta, classifica, mede e corrige as alterações fundamentais do pH dos organismos vivos, pois ao nivelar-se este, por meio do Biomagnetismo, regulam-se, corrigem-se e erradicam-se as patologias.

 

A simplicidade deste método permite trabalhar com imãs potentes mas inofensivos, obtendo, no entanto, resultados extraordinários, sobretudo quando se dispensa ao paciente a, já mundialmente famosa, técnica do PAR BIOMAGNÉTICO. Esta é uma técnica baseada na origem das doenças e não nos sintomas (ainda que estes se levem em consideração).

 

Com os ímanes, o corpo é “escaneado” detectando-se os pontos que originam o mal funcionamento de um órgão e a presença de vírus, bactérias, fungos ou parasitas. Esta técnica neutraliza e elimina estes agentes patogênicos devolvendo ao organismo o seu estado de equilíbrio, assim se eliminando a doença.

 

Os únicos defeitos que podem ser apontados a este método terapêutico, de acordo com o seu criador, o médico-cirurgião mexicano Isaac Goiz, são quatro:

  • Primeiro, quase não custa dinheiro;

  • Segundo, cura;

  • Terceiro, que o pode aprender qualquer terapeuta e não somente os médicos;

  • Quarto, que foi criado por um mexicano.

 

A confiança deste médico no PAR BIOMAGNÉTICO é tanta que, afirma peremptoriamente que “com os mais de 200 pares biomagnéticos que até ao momento foram estabelecidos, se podem superar 99% das doenças”.

Na verdade, ao longo de mais de 20 anos de exercício clínico, afirma ele, que já curou centenas de casos de cancro (ele é o autor duma tese de doutoramento intitulada “El fenômeno tumoral”, publicada em 2004, pela Escuela de Medicina da Universidade de Loja, no Equador), de HIV, diabetes, psoríase, fibromialgia, artrite reumatoide e muitas outras.

 

E, para demonstrar a eficácia dos seus tratamentos através do PAR BIOMAGNÉTICO, mostrou-se sempre disponível para qualquer tipo de ensaio a que a Ordem dos Médicos de qualquer país o quisesse submeter, lançando este desafio aqui na vizinha Espanha: “...necessito simplesmente um centro clínico que me forneça alguns pacientes com o diagnóstico já efetuado. Vinte, trinta, cem...os que sejam. E que atestem por exemplo: têm tuberculose. Então eu testo-os, colocamos-lhes os imãs de acordo com o par correspondente a essa patologia e verificamos quantos se curam. Se se cura só um? Então a minha terapia é incorreta. Mas se se curarem 90% deles, então, é simples, é porque ela tem eficácia.

Veja o que outras pessoas falam sobre a Terapia.

GOSTOU DO QUE VIU?

VEJA MAIS VÍDEOS!

APRENDA MAIS SEMPRE!

Agora, Conheça o Curso de Terapia Biomagnética OnLine!